Archive for Mês: Outubro 2015

JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO de Lisboa a Monchique. Dias 24 e 25 de Outubro

PATRIMÓNIO E MEMÓRIA 
UMAS JORNADAS EUROPEIAS DIFERENTES
MONCHIQUE, 24 E 25 DE OUTUBRO ​
 
INSCREVA-SE (isabelveigacabral@gmail.com tlm:968375777)
 
Consulte o programa completo no final da página
 
Autocarro, Almoços, Jantar e Alojamento em Turismo de Habitação de *****- 50€/PP – pagamento custos dos serviços. 
(NADA fica para a Associação)

JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO – HÁ FESTA NA SERRA – medronho todos os dias

A marca Património e Memória – AHPEM vai realizar, nos dias 24 e 25 de Outubro, as Jornadas Europeias do Património, a ter lugar em Monchique.

Através do Património Industrial local – a transformação do medronho em aguardente- pretende-se Musealizar a Tradição.

Dar a conhecer, de forma transversal, a sua história, o património imaterial associado e estender a vivência destas experiências a todos os participantes.

O Programa divide-se em duas partes.

PRIMEIRA PARTE – a musealização da tradição, através da aplicação das novas tecnologias à musealização do Património, a sua relação com o marketing e a marca, o seu contributo para o aproveitamento turístico e a preservação das memórias colectivas.

SEGUNDA PARTE- a vivência de uma realidade – a Apanha do Medronho, acompanhada dos cantares tradicionais e da obrigatória aguardente cialis kaufen in deutschland. Fecha com um piquenique, onde a tónica está na gastronomia tradicional, sendo a sobremesa a fruta colhida directamente nas árvores.

No regresso a Lisboa será feita uma visita ao Showroom da SPIC com as mais inovadoras tecnologias do Séc XXI a aplicar à musealização – realidade virtual, holograma, e outras.

A CASA AMARELA – Turismo rural, providencia o alojamento tradicional de grande qualidade .

As Jornadas têm a participação da Câmara Municipal de Monchique, da Faculdade de Arquitectura de Lisboa, da Amazing Factory, APMCH – Associação Portuguesa de Municípios com Centros Históricos, SPIC- creative solutions, Casa Amarela- turismo de habitação, Confraria do Medronho e grupo Coral dos “Medronheiros”, Quinta da Bregeira e da sua Casa da Destila, Quinta da Fóia e Jornal de Monchique.”