Quem Somos

A AHP- Aldeias Históricas de Portugal, associação de defesa, salvaguarda e revivificação do Património cultural, é uma ONG de âmbito nacional, que foi constituída no dia 8 de Novembro de 2010, na Batalha, por 21 sócios, de entre os quais se destacam S.A.R. Dom Duarte de Bragança, o Vice reitor da Universidade Lusófona, o Diretor da Faculdade de Lisboa e Jorge Paiva (PhD).

A 27 de Janeiro de 2011, três meses após a sua constituição, a AHP, na sua apresentação pública no Mosteiro dos Jerónimos (MNA), já representava mais de 2000 pessoas, tendo-se reforçado institucionalmente ao integrar, como sócios Patronos, Universidades, uma Fundação e uma Associação.

Em 2014, a AHP já representa mais de 20.000 pessoas, graças à incorporação de novos sócios Patronos.

A AHP, adotando uma visão estratégica, aposta no reforço nacional da sociedade civil, na sua capacidade interventiva, numa organização mais representativa.

A AHP responde a este desafio com a implementação do Projeto Futuro da Memória, Memórias para o Futuro – um instrumento estratégico de oportunidades, de esperança, contra o processo de desertificação humano, o empobrecimento das populações e o isolamento das regiões.

O Projeto, estruturado numa rede nacional de parcerias, combina as sinergias de todos os associados, que, no terreno através dos vários núcleos da AHP – diluídos os custos e aumentadas as valências – podem desenvolver ações conjuntas de maior dimensão e com maior impacto no desenvolvimento económico, social, cultural das comunidades de todo o País e, paralelamente, na preservação do nosso património comum e da nossa identidade.